Síndrome do túnel do carpo

Atualizado em: 10/11/2020 por Dr. Fernando Moya

Síndrome do Túnel do Carpo | Por Dr. Fernando Moya

Início » Patologia » Síndrome do túnel do carpo

O que é Síndrome do túnel de carpo?

A síndrome do túnel do carpo é um problema que surge pela compressão do nervo mediano, que se caracteriza, principalmente, pelas alterações de sensibilidade da mão. Essa doença é bastante comum em mulheres com idades entre 30 e 60 anos, podendo, em alguns casos, ser bilateral.

São diversas as causas que levam ao surgimento da síndrome do túnel do carpo. Geralmente, o diagnóstico será estabelecido através de avaliação clínica, e podem ser necessários exames complementares para a conclusão.

Síndrome do Túnel do Carpo | Por Dr. Fernando Moya

Representação do nervo mediano comprimido e a área de dor e formigamento.

Principais sintomas

Os sintomas mais comuns são as dores nas mãos, sensação de choque, e principalmente a parestesia, algo como formigamento e dormência, que ocorre exatamente na área do nervo mediano, e costuma se manifestar durante à noite.
Alguns outros sintomas a serem percebidos são:

  • Desgaste ou atrofia da musculatura na palma da mão, próxima ao polegar (afetando a coordenação);
  • Dificuldade para carregar objetos;

Com o tempo, esses sintomas passam a evoluir e ocorrem, principalmente, as alterações relacionadas à sensibilidade e tato. Quando os casos já estão mais avançados, a sensação de fraqueza da musculatura é cada vez maior e pode ser claramente percebida na dificuldade em segurar um copo ou amarrar os sapatos, por exemplo.

Causas

É bastante comum que a doença apareça sem ter um fator específico, mas, existem algumas questões que, ao serem observadas, podem ser tratadas de forma adequada, e assim poderão evitar o surgimento da síndrome. São alguns os fatores considerados de risco:

  • Diabetes;
  • Hipotireoidismo;
  • Fraturas na região do punho;
  • Gravidez;
  • Obesidade.

Relacionados ao tema

Prevenção

Quando é estabelecido o diagnóstico precoce da doença poderá ser realizado um tratamento mais adequado, principalmente para os fatores de risco existentes.

Deve-se lembrar de manter uma boa postura, ou seja, sentar de maneira correta, apoiando sempre os braços e os punhos ao utilizar o computador e digitar, evitando assim a sensação de formigamento e dores que podem causar a síndrome do túnel de carpo.

Tratamento

O tratamento sempre levará em conta o grau da doença, ou seja, o estágio em que ela está. Se estiver mais leve, pode ser indicada a colocação de uma órtese que possa imobilizar o punho, o uso de anti-inflamatório não hormonal e processos de reabilitação.

Órtese | Por Dr. Fernando Moya

Exemplo de órtese para imobilizar o punho do paciente.

Quando não ocorre a melhora do quadro através destes métodos, existem alternativas mais invasivas para o tratamento da patologia, como por exemplo a correção cirúrgica.

Dr. Fernando Moya

Sobre o autor

Dr. Fernando Moya CRM 112.046/SP graduado em Ortopedia, Cirurgia de Mão.

 GoogleMyCitations

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dr. Fernando Moya

Sobre o autor

Dr. Fernando Moya CRM 112.046/SP graduado em Ortopedia, Cirurgia de Mão.

 GoogleMyCitations

Como tratar o Cisto Sinovial? | Dr. Fernando Moya
Entorse do dedo polegar: sintomas e tratamento | Dr. Fernando Moya
Síndrome do túnel do carpo: qual médico trata | Dr. Fernando Moya

Últimos Posts

× Agendar Consulta.