Dedo em Gatilho: Tratamento e complicações

Atualizado em: 15/01/2021 por Dr. Fernando Moya

6 minutos

A imagem mostra uma mão segurando um pulso.

Início » Dedo em Gatilho: Tratamento e complicações

O dedo em gatilho é a inflamação que atinge o tendão flexor do dedo. Normalmente, o que leva ao sintoma primordial do gatilho é a dificuldade de executar o movimento de dobra desse dedo levando a um pequeno estalido, muitas vezes, para conseguir executar o movimento.

Os tendões flexores antes de entrarem no dedo precisam passar por dentro de uma espécie de túnel (polia A1) e, geralmente, esse atrito gerado entre o tendão e a polia que ele tem que atravessar acaba gerando um processo de dor e limitação de mobilidade, o que classificamos de dedo em gatilho.

Tratamento para dedo em gatilho

Conservador

O tratamento conservador é baseado em:

  • reabilitação;
  • fisioterapia;
  • medicação;
  • terapia ocupacional;
  • acupuntura;
  • proteção local.

Tratamento intermediário

Esse tratamento consiste em uma infiltração local, que nada mais é do que uma aplicação de medicação (corticoide com anestésico) diretamente na região onde existe o atrito.

Relacionados ao tema

O que é Rizartrose?

O que é Rizartrose?

A Rizartrose é facilmente identificada somente nos casos mais avançados, mas no estágio inicial ela precisa de exames mais específicos. Entenda melhor essa doença que precisa ser tratada, confira!

ler mais

Tratamento cirúrgico

E por último, existe o recurso cirúrgico que é a tenólise, que é a nomenclatura técnica dessa solução para o problema que nada mais é do que a abertura da polia A1 onde existe o atrito.

Através de uma cirurgia, a polia é seccionada criando mais espaço permitindo o trânsito livre do tendão sem que haja nenhum tipo de atrito. Consequentemente, a cirurgia diminui a dor, a inflamação, e por tabela, a mobilidade.

Complicações do dedo em gatilho

Nos tratamentos cirúrgicos, as chances de complicações não ultrapassam 5% no cômputo geral.

A taxa de insucesso no tratamento intermediário com a infiltração local é entre 30 e 40% dos casos.

E quando se fala do insucesso do tratamento conservador esses números se elevam a 60 e 70% de complicações, ou seja, falhas do tratamento.

Dr. Fernando Moya

Sobre o autor

Dr. Fernando Moya CRM 112.046/SP graduado em Ortopedia, Cirurgia de Mão.

 GoogleMyCitations

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 2 =

Dr. Fernando Moya

Sobre o autor

Dr. Fernando Moya CRM 112.046/SP graduado em Ortopedia, Cirurgia de Mão.

 GoogleMyCitations

Como tratar o Cisto Sinovial? | Dr. Fernando Moya
Entorse do dedo polegar: sintomas e tratamento | Dr. Fernando Moya
Síndrome do túnel do carpo: qual médico trata | Dr. Fernando Moya

Últimos Posts

× Agendar Consulta.