Ficar de mãos dadas ajuda a reduzir a percepção de dor

Tudo faz parte do instinto humano: em situações de muito dor, é um costume ficar de mãos dadas com uma pessoa para que ela sinta mais segurança e conforto, seja na hora de tomar uma vacina, seja no momento de receber um diagnóstico importante, e até mesmo, durante o parto.

Pesquisadores do Instituto de Ciência Cognitiva da Universidade do Colorado concluíram, através de estudos, que agarrar tudo o que passa pela palma da mão é um reflexo que vem desde o útero, e por isso é tão comum que gêmeos sejam vistos de mãos dadas ainda na barriga da mãe.

Continuem acompanhando este artigo para mais informações sobre este tema, e para saber de que forma estar de mãos dadas ajuda a reduzir a percepção de dor em qualquer pessoa.

 

Teste de dor: como foi realizado?

Conforme dito anteriormente, foi realizada uma pesquisa pelo Instituto de Ciência Cognitiva da Universidade do Colorado, que contou com 22 casais jovens, equipados com toucas de eletroencefalograma, e monitorados em cenários diferentes: sentados juntos sem encostar um no outro, sentados em salas separadas, e sentados de mãos dadas.

Em seguida, foram incluídos estímulos de dor, através de uma barra de metal aquecida a 43º, 45º e 47º C graus, pressionada contra o braço das mulheres. O processo foi repetido nos três cenários, e a cada rodada, eles precisavam dizer qual seria a intensidade da dor que sentiam.

Ao final, analisando os dados do eletroencefalograma, o estudo mostrou que, quanto mais próximos os casais estavam, mais semelhantes eram os padrões de ondas cerebrais, e menor era a sensação de dor relatada. Este fenômeno recebeu o nome de “sincronização interpessoal”, que atingiu elevação quando os casais estavam de mãos dadas.

 

A importância do contato das mãos:

Uma das explicações para este resultado é que o toque na pele entre os seres humanos está relacionado, diretamente, com a produção de oxitocina, hormônio que ajuda a reduzir os sentimentos de ansiedade, estresse e dores. Por isso, quando uma pessoa estiver sentindo dor, uma das melhores formas de ajudar a reduzir esse sintoma,é segurar em suas mãos.

dr fernando moya assinatura

Por Dr. Fernando Moya.

 

CRM 112046

Formado em medicina pela Universidade de São Paulo (USP), com residência em Ortopedia e Traumatologia, pelo instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Especialização em cirurgia da mão e microcirurgia também pelo Hospital da FMUSP.

faixa-dr fernando moya-300x2

 

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fale Conosco

Share This
WhatsApp Agende sua consulta