Início » Lesões nas mãos: 04 exercícios diários que podem ajudar a evitá-las


A imagem mostra o Dr. Fernando Moya olhando para a câmera, sorrindo e de braços cruzados.Dr. Fernando Munhoz Moya
 GoogleMyCitations 
CRM: 112.046
Atualizado em: 21/08/2020 por Dr. Fernando Moya

Lesões nas mãos: 04 exercícios diários que podem ajudar a evitá-las

A imagem mostra a mão direita apoiada em uma superfície plana com a palma para cima, e a mão esquerda com os dedos no punho da mão direita.

Sabemos que são vários os tipos de lesões nas mãos que podem ocorrer ao longo da vida, provocando dificuldades de movimento e dores indesejáveis, prejudicando o indivíduo em todas as suas ações. E assim como as outras partes do corpo,é importante manter as mãos fortalecidas. E não existe nada melhor do que a prática de exercícios diários, para ajudar a evitar lesões ou qualquer outro problema mais sério. 

No post de hoje, vamos destacar 04 tipos de exercícios para serem realizados diariamente, e que podem ajudar a prevenir as lesões nas mãos. Continue nos acompanhando!

Fortalecendo as mãos

Ao praticar exercícios com as mãos, além de fortalecê-las, a probabilidade de desenvolver lesões nas mãos, como a tendinite ou neuropatias, se torna menor. Confira a seguir 04 tipos de exercícios que podem ajudar a evitar problemas como estes.

01 – Apertando uma bolinha

Procure usar uma bola flexível. Coloque-a na palma da mão e aperte por 5 segundos, com muita força! Solte-a, e espere mais 5 segundos para repetir a mesma manobra. Esse exercício pode ser feito até 15 vezes em cada uma das mãos.

02 – Alongando o punho

O punho também não pode ser deixado de lado, e alongar os punhos ajuda na redução do risco de inflamação dos tendões e dos músculos desta região. Para alongar, basta apenas estender o braço para frente e dobrar e esticar o punho, com a mão para baixo e para cima. Com a outra mão, puxar para trás a mão que está estendida, alongando-a, porém, sem forçar muito. O alongamento pode ser repetido 2 a 3 vezes ao dia, mantendo a postura por 45 a 60 segundos.

03 – Dobrando o polegar

Esse é um exercício que ajuda o indivíduo a não desenvolver dores na região do dedo polegar, que atualmente é um dos mais utilizados para mexer em smartphones. Primeiro, é necessário abrir a mão, como se fosse espalmá-la, e depois mover o polegar para a base do dedo mínimo. Em seguida, o dedo deve ficar parado de 30 a 60 segundos, e o exercício deve ser repetido 2 a 3 vezes em cada mão.

04 – Levantando os dedos

Para ajudar na flexibilidade da palma da mão, esse é um exercício muito indicado. Basta colocar a palma da mão em uma superfície plana, e levantar um dos dedos, começando pelo dedo mínimo. Esperar 3 segundos para abaixá-lo, e repetir a ação com todos os outros dedos, em sequência. Isso pode ser feito de 8 a 12 vezes para cada mão.

O que achou dessas dicas? Deixe um comentário abaixo e compartilhe nosso conteúdo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =

dr fernando moya assinatura

Por Dr. Fernando Moya.

CRM 112046

Formado em medicina pela Universidade de São Paulo (USP), com residência em Ortopedia e Traumatologia, pelo instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Especialização em cirurgia da mão e microcirurgia também pelo Hospital da FMUSP.

faixa-dr fernando moya-300x2

 

Fale Conosco

× Agendar Consulta.