Reabilitação: com ou sem fisioterapia!

Atualizado em: 18/03/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

2 minutos

Início » Reabilitação: com ou sem fisioterapia!

Nós da ortopedia e da cirurgia de mão, entendemos que a cirurgia é uma etapa do tratamento e a reabilitação é fundamental, às vezes tanto quanto o procedimento em si.

Dentro da área da ortopedia, nós temos a fisioterapia como um principal aliado nesse processo de recuperação e de reabilitação, e também contamos com outro profissional que é o terapeuta ocupacional.

Existem diferenças na formação dos dois profissionais, mas ambos nos ajudam na recuperação e no processo de devolução do paciente para a sua rotina, ou seja, para a sua atividade do dia a dia.

Quando a reabilitação não é indicada?

Isso é bem raro. No caso das cirurgias, principalmente nas da parte óssea, ou no tratamento convencional, onde uma fratura será tratada no gesso ou na tala, é possível deixar a cicatrização inicial ocorrer primeiro.

Relacionados ao tema

Em casos de uma lesão tendinosa, eu costumo encaminhar na primeira semana para a reabilitação porque acho que quanto antes começar, melhor. Porém, cada caso é um caso e precisa ser bem investigado e avaliado.

Em linhas gerais, a fisioterapia, a reabilitação ou a terapia ocupacional são de fundamental importância.

Não existe muita contraindicação. Nós observamos os resultados diante desse procedimento e enquanto tiver tendo resultados positivos, vamos mantendo.

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 1 =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.