Síndrome De Quervain

Atualizado em: 22/04/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

3 minutos

Início » Síndrome De Quervain

Dor no punho, que acontece geralmente na região próxima à borda radial do punho, que é a extensão proximal do polegar, ela normalmente está associada à mobilização do punho em excesso, esforços, às vezes um trauma, e o importante é que existe uma inflamação na região do punho.

Tratamentos:

Existem várias medidas a serem tomadas para o tratamento, como os mais conservadores: proteção, medicação, gelo e fisioterapia. Infiltração local, que é a aplicação de medicação na região onde existe a inflamação em si e o tratamento cirúrgico, que é uma das ferramentas que usamos para contornar esse problema.

Quando falamos em uma correção deste tipo de patologia, nós estamos falando de uma descompressão do tendão. A patologia é uma inflamação do punho que gera um processo equitativo, um aumento de volume do tendão e das regiões que estão ao redor dele. A cirurgia irá fazer com que esse tendão consiga excursionar, consiga fazer o seu movimento natural sem a obstrução.

Relacionados ao tema

Processo cirúrgico:

Consiste em: acesso pequeno na altura do punho, de mais ou menos um centímetro, um centímetro e meio, localizar os tendões do primeiro compartimento extensor e fazer uma abertura deste compartilhamento, limpando literalmente esse tendão. Após esses procedimentos, a cirurgia está completa.

Essa cirurgia tem uma eficiência muito positiva, os dados estatísticos apresentam 90, 95% de bons resultados.

Pós-operatório:

Em termos gerais, o pós-operatório não é dos mais complicados, costuma incomodar durante o período de sete a dez dias inicialmente, e pode ser necessário, ou não, a complementação com a fisioterapia para a finalização do tratamento.

O que achou do post de hoje? Deixe seu comentário

Compartilhe nas redes sociais!

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
2 Comentários
  1. Clayton Honda

    Olá Dr. Fernando. Fui diagnosticado com Tenossinovite de De Quervain e depois de realizar todos os tratamentos, sem sucesso, sofri cirurgia. A dor no tendão do polegar É quase nula. Porém, mesmo depois de duas semanas do pós-operatório, ainda persiste uma dor moderada na região da sutura, além de formigamento na região do polegar e do pulso quando estimulados. Gostaria de saber se isso é normal, Esse é, pode demorar muito tempo ou até mesmo nunca passar?

    Responder
    • Dr. Fernando Moya

      Olá, Clayton. Geralmente o tempo de recuperação é curto, porém, cada caso é um caso. Depende da gravidade do problema. O que eu posso recomendar é retornar ao médico cirurgião que acompanhou esse processo e esclarecer essas dúvidas com ele, pois é o profissional que possui maior conhecimento sobre o seu histórico. Espero ter ajudado e obrigado por me acompanhar!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.