Cirurgia: Cistos Sinoviais

Atualizado em: 26/03/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

3 minutos

Início » Cirurgia: Cistos Sinoviais

Cisto sinovial é aquele pequeno abaulamento na região dorsal do punho que, eventualmente, pode causar dor e desconforto.

Existem métodos que são os empregados inicialmente para tentar controlar o processo doloroso nos casos selecionados e existem alguns casos que infelizmente esse quadro não é resolvido através de métodos mais simples e a gente acaba optando por um caminho cirúrgico.

Cirurgias:

Quando a gente conversa sobre essa patologia, nós temos que lembrar que existem alguns caminhos para a cirurgia, algumas opções cirúrgicas.

Existe a cirurgia mais tradicional que é por via aberta e também por vídeoartroscopia, abordaremos cada uma delas. 

Por via aberta:

A via aberta, como o próprio nome já diz, a gente vai abrir uma incisão por cima, geralmente onde tem o abaulamento e fazer a remoção de todo o tecido que está diferente, ou seja, todo aquele nódulo que se encontra no dorso do punho, na parte de baixo do punho ou perto dos dedos.

Nós vamos abrir e fazer a remoção completa, o importante dessa cirurgia até para prevenir o reaparecimento de um novo cisto é a cauterização da sua raiz. 

Por vídeoartroscopia:

Nas cirurgias por vídeos, nós vamos utilizar outro tipo de abordagem, abordagem por vídeo através de uma câmera que é inserida dentro da articulação.

Isso é bastante comum, por exemplo, quem já viu cirurgia no joelho, é mais ou menos o mesmo preparo, ou seja, são câmeras instrumentais que a gente utiliza para verificar o mesmo problema por dentro da articulação e fazer uma remoção de dentro para fora. 

Relacionados ao tema

Diferenças:

Então, as diferenças muitas vezes são o tipo de corte, o tamanho do corte e também o tempo de recuperação.

Obviamente que quando a gente fala de uma cirurgia por corte com uma incisão maior, estamos falando de algo que pode doer um pouco mais e atrapalhar um pouco mais de tempo. Uma cirurgia por vídeoartroscopia tende a ter uma resolução e melhora dos sintomas mais rápidos.

O que achou do post de hoje? Deixe seu comentário

Compartilhe nas redes sociais!

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.