Tendinite nas mãos: saiba como prevenir

Atualizado em: 19/03/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

3 minutos

[wpseo_breadcrumb]

Dicas para prevenção e tratamento:

Postura:

Antes de mais nada, eu sempre pego um pouco no pé dos pacientes em relação a um quesito que é a postura. Contudo, a postura, tanto no nosso dia a dia, quanto para as atividades de trabalho, é muito importante que preste atenção, não exceda determinadas posturas e não sobrecarregue as articulações, tudo isso a fim de evitar inflamações e irritações, porque no fundo o que a gente está falando quando pensa a respeito da tendinite em termos técnicos é a inflamação dos tendões, é uma sobrecarga das estruturas.

Em suma, se você puder evitar através de correções pontuais no dia a dia é sempre bem-vindo.

Alongamentos:

Além dessas questões posturais, é sempre válido lembrar sobre os alongamentos. Por outro lado, eu sei que realmente é chato, toma um tempinho, mas é super útil, é uma atividade que faz a prevenção e o tratamento caso você já tenha uma queixa.

Alongar-se, fazer essas mobilizações articulares ao decorrer do dia, é de suma importância.

Fortalecimento:

O terceiro ponto que vamos conversar é sobre a questão da atividade física. Logo, em minha opinião é também muito importante, porque a musculatura bem desenvolvida e fortalecida protege a articulação, previne que você tenha sobrecargas mecânicas.

Não trabalhe apenas a área acometida:

Lembrando alguns pontos que também acho que é interessante dentro desse fortalecimento, não devemos focar apenas na área que está acometida.

Tenho uma tendinite no punho, devo fazer um fortalecimento só do punho? Não acho que seja o caminho, acho que devemos trabalhar o conjunto como um todo.

No entanto, um trabalho desde a região dorsal, passando pelo ombro, cotovelo e também trabalhar o punho em algum momento. É necessário lembrar que as coisas funcionam como uma cadeia e as coisas estão um pouco interligadas.

Enfim, seja com musculação, atividades como pilates, yoga, RPG ou treinamentos funcionais que hoje em dia vemos com maior frequência, são coisas muito interessantes, se for bem indicada e acompanhada, costumam ter muito benefício.

O que você achou do vídeo de hoje? Deixe seu comentário e compartilhe!

 

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 2 =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.