Saiba o que o uso excessivo de celulares pode trazer

Atualizado em: 22/04/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

3 minutos

Início » Saiba o que o uso excessivo de celulares pode trazer

Vale lembrar que toda ação de repetição, ou seja, qualquer atividade que exija uma frequência muito exagerada da mesma posição durante muito tempo, isso tudo pode gerar inflamações e irritações.

As famosas tendinites

Em geral, é bastante comum observarmos as famosas tendinites nas mãos. Por exemplo, quando a gente tem uma posição fixa durante muito tempo e somada à repetição, pode gerar um processo de irritação e inflamação que acomete a musculatura e os tendões, principalmente do polegar.

Existe um termo muito usado para designar uma queixa de dor na região dos extensores dos polegares, ou seja, uma inflamação que acomete os tendões pelo uso excessivo de celulares, tanto da teclagem quanto da postura de segurar, chamada de “WhatsAppinite”.

Às vezes, vai causar alguma repercussão nos tendões extensões do polegar ou no punho pela postura que você adota para segurar o smartphone. Até mesmo os tablets pelo tamanho e peso também podem provocar alguma irritação.

Relacionados ao tema

Como evitar?

Sempre que houver o uso excessivo de celulares, a gente pode estar frente a uma inflamação e irritação. Por isso, procuramos sugerir: sempre que tiver que fazer alguma atividade que exija muito da sua repetição, tente fracionar. Ou seja, faz um pouquinho, descansa, faz um pouquinho, descansa.

Ou então, podemos pensar em outras compensações, por exemplo, fazer bastante alongamento, bastantes exercícios que auxiliem na mobilização e no ganho de força de resistência, também são aliados nessa história.

Esse vídeo é apenas uma discussão inicial. Para diagnóstico e tudo mais, é interessante que você procure um Médico Ortopedista ou Médico Cirurgião de Mão para fazer os diagnósticos adequados.

O que achou do vídeo de hoje? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.