Síndrome do canal de Guyon: quais os sintomas?

Atualizado em: 18/03/2021 por Dr. Fernando Moya -CRM 112046

4 minutos

Início » Síndrome do canal de Guyon: quais os sintomas?

O canal de Guyon é um túnel formado por dois ossos pequenos da região do carpo, mais precisamente pelo ligamento que os conecta. Após a sua passagem por este túnel, o nervo ulnar se ramifica e fornece uma sensibilidade ao dedo mínimo e à metade do dedo anelar, sendo responsável também pela inervação motora dos músculos intrínsecos da mão.

Quando o nervo ulnar sofre uma compressão, ocorre a chamada Síndrome do Canal de Guyon, provocando uma série de sintomas.

Você sabe quais são os sintomas desta doença? Elaboramos este artigo para mais informações e para esclarecer essa dúvida.

Ao fundo da imagem, há uma mão com o nervo ulnar comprimido.

Causas da Síndrome do Canal de Guyon

Não existe uma causa única da doença, mas sim diversas situações que, individualmente ou em conjunto, podem culminar no surgimento dos sintomas.

Portanto, a Síndrome do Canal de Guyon pode estar associada à:

Relacionados ao tema

Principais sintomas da doença

Os sintomas dessa doença podem variar de pessoa para pessoa. Geralmente, a Síndrome do Canal de Guyon se manifesta através de dor no punho e sensação de dormência no dedo mínimo e no dedo anelar.

Alguns pacientes acabam se queixando também da sensação de alfinetada nesses dois dedos, principalmente nas primeiras horas do dia.

Em uma fase mais avançada da doença, o paciente pode sentir fraqueza nas mãos e até mesmo, perder a coordenação motora, principalmente em atividades que necessitam de habilidades com as mãos, como por exemplo, tocar instrumentos.

Existem casos onde os sintomas abrangem queimação no punho e na mão, com choques no local onde a compressão do nervo é maior. Toda essa progressão de dor no punho acontece algum tempo depois, após o surgimento dos sintomas.

Agora que você já sabe quais são os sintomas, ao primeiro sinal de Síndrome do Canal de Guyon, o médico especialista em mãos deverá ser procurado o quanto antes, para indicar o tratamento adequado.

O que achou do post de hoje? Deixe seu comentário!

Sobre o Autor

Sou Fernando Munhoz Moya Ortopedista CRM 112046 graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, em 2003.
0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 18 =

Últimos Posts

Doença de Preiser

Doença de Preiser

A Doença de Preiser é muito rara e não se sabe qual sua causa, por isso o tratamento não é único, precisa ser diagnosticado caso a caso. Veja o que o Dr. Fernando Moya tem a dizer.

ler mais
× Agendar Consulta.